2
Campo Grande - MS Busca
Últimas Notícias
Dourados

Policial Civil salva vítima de tentativa de homicídio e três acabam presos em flagrante

Ao ser quetionado,os agentes policial localizaram Saveiro com uma marca de tiro e um revólver calibre 32 com três munições deflagradas

04 set 2023 às 14h00min | Redação/Assessoria
Compartilhe:

Na noite de sexta-feira(1) para sábado (2), um policial civil de Dourados estava com sua esposa e amigos em uma espetaria próxima de sua residência. Por volta de meia-noite, dois grupos de indivíduos iniciaram uma briga em via pública. O investigador foi até o local e conseguiu dispersar a confusão.

Um homem oriundo do estado do Paraná, correu até a espetaria onde o policial estava e se escondeu no banheiro. O agente o buscou e o tirou do local para questionar o motivo da confusão.

O homem afirmou que uma briga generalizada havia iniciado em uma boate próxima, e motivada por uma aposta em um jogo de sinuca, onde, inclusive, tiros haviam sido disparados.

Enquanto o policial conversava com o homem de 34 anos, um veículo Saveiro estacionou próximo aos dois e o passageiro desceu portando um revólver calibre 32 e disparando sua direção. O investigador conseguiu sacar sua pistola a tempo e efetuar disparos na direção do autor, com intuito de defender a integridade física da vítima e dos demais no estabelecimento, que naquele momento estava lotado.

Após o fato, a Polícia Militar foi acionada, assim como uma equipe da 2ª Delegacia de Polícial e da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC), da cidade de Dourados, que iniciaram diligências.

A Polícia Militar recebeu uma informação de que um homem havia dado entrada baleado no Hospital da Vida e poderia ser o autor dos disparos. As equipes de policiais civis se dirigiram até o local e receberam a informação de que um homem de 27 anos, foragido da justiça, havia ingressado no hospital com um disparo no abdômen, que havia se alojado em seu fígado, sendo submetido a uma cirurgia de emergência.

Ao conversar com o indivíduo que o havia levado até lá, um homem de 36 anos, esse informou que não estava envolvido e só teria ido buscar o amigo após um pedido dele, no entanto, apurando a situação, verificou-se que era ele o motorista no momento da ação.

Quando perguntado sobre seu carro, admitiu que teria deixado o veículo com um terceiro homem, de 25 anos, que morava próximo ao local dos fatos, pois os impostos veiculares estariam atrasados.

Indagado sobre a arma de fogo, o morador confessou que havia escondido o revólver na oficina mecânica de seu pai. Dessa forma, os policiais ainda realizaram diligências e conseguiram localizar o revólver calibre 32 com três munições deflagradas.

A equipe se dirigiu até a residência desse terceiro indivíduo, quando localizou a Saveiro com uma marca de disparo e sangue no banco do passageiro.

Assim, os envolvidos foram conduzidos à delegacia, onde foram autuados em flagrante e submetidos aos demais procedimentos criminais cabíveis.