2
Campo Grande - MS Busca
Policial

Vítima do ‘maníaco da lanterna’ levou tiro na boca e relata como sobreviveu na fronteira

Ataques têm ocorrido na MS-164 e MS-384 entre Ponta Porã e Antônio João.

17:06 - 24 out 2023 | Por Douglas Duarte

Uma das pelo menos oito vítimas do ”maníaco da lanterna” levou um tiro na boca e revelou como escapou da morte, nas proximidades do Distrito de Itamarati, em Ponta Porã. 

A região do Itamarati é repleta de barracos de assentados e sem-terra e foi nesse trecho que ocorreu o ataque ao trabalhador de uma fazenda e que estava de moto. 

Conforme o Ponta Porã News, a vítima detalhou que seguia na motocicleta e, em dado momento, viu um ponto de luz, que não soube precisar se era lanterna ou celular. Quando se aproximou sentiu o disparo na boca. 

Ainda de acordo com o site local, o trabalhador rural disse que o maníaco também estava de moto e o perseguiu. Mesmo ferida, a vítima conseguiu chegar a um sítio e pedir socorro. 

Sozinho 

Equipes policiais que investigam o caso disseram ao site local que há grandes chances de ser um criminoso que age sozinho. As maiores dificuldades da investigação são a falta de testemunhas e o crime ocorrer em locais ermos e escuros. 

A Policia Civil destacou ainda que o criminoso mudou o local dos ataques. Inicialmente ele atacou motoristas na MS-384 sentido Antônio João. Ao menos duas pessoas foram feridas ou pelo tiro ou por estilhaços. Ao todo são oito veículos atingidos pelos tiros. 

Ainda conforme divulgado pelas autoridades, o atirador escolhe as vítimas aleatoriamente e sempre sinaliza com uma luz antes de disparar. A Polícia Militar diz ter reforçado o policiamento na região e pede que a população evite o pânico.