2
Campo Grande - MS Busca
Últimas Notícias
Meteorologia

Veja o que tempo reserva para o agronegócio no primeiro trimestre de 2024

A previsão do tempo revela tendências que merecem atenção especial do agronegócio brasileiro nos próximos meses.

16 jan 2024 às 10h30min | Douglas Duarte
Compartilhe:

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou o Prognóstico Agroclimático para o primeiro trimestre de 2024 – Crédito: Divulgação

Como será o tempo para o agronegócio brasileiro nos próximos 3 meses? O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou o Prognóstico Agroclimático para o primeiro trimestre de 2024. A previsão do clima revela tendências que merecem atenção especial do setor.

A Região Norte do Brasil enfrentará um trimestre com chuvas abaixo da média climatológica, especialmente nas áreas norte do Amazonas, Rondônia, Pará e norte de Tocantins. Essa condição é atribuída aos impactos previstos do fenômeno El Niño.

As chuvas abaixo da média, segundo a previsão do tempo, podem causar déficit hídrico no solo, prejudicando o desenvolvimento de algumas culturas agrícolas, como a soja, o milho e a mandioca.

Região Nordeste

O Nordeste, em particular o norte do Maranhão, do Piauí e o sertão pernambucano, também enfrentará chuvas abaixo da média, associadas aos impactos do El Niño.

Já no centro-sul da Bahia, a previsão é de chuvas próximas à média histórica, variando entre 300 a 400 mm no trimestre. As temperaturas do ar devem permanecer acima da média em todo o território nordestino.

Região Centro-Oeste

A previsão para o Centro-Oeste aponta chuvas mais regulares na região, favorecendo os cultivos de primeira safra.

No entanto, algumas áreas do oeste do Mato Grosso podem enfrentar precipitação ligeiramente abaixo da média histórica.

Apesar da atuação de corredores de umidade, as temperaturas devem ser superiores à média climatológica nos próximos meses.

Região Sudeste

Semelhante ao Centro-Oeste, o Sudeste experimentará chuvas mais regulares, principalmente devido à atuação de possíveis canais de umidade ou da Zona de Convergência do Atlântico Sul.

Essa condição beneficia os cultivos de primeira safra, café e cana-de-açúcar, com elevação dos níveis de água no solo.

No entanto, áreas do norte de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro podem registrar chuvas insuficientes para manter os níveis de umidade do solo elevados.

Região Sul

A previsão do tempo indica maior probabilidade de chuvas acima da média climatológica no Rio Grande do Sul, enquanto os demais estados da região podem enfrentar chuvas mais irregulares.

As temperaturas devem permanecer acima da média, exceto no centro-sul do Rio Grande do Sul. Apesar das chuvas recentes, algumas áreas do Paraná podem ser afetadas pela redução das precipitações e altas temperaturas.