2
Campo Grande - MS Busca
Política

Rodolfo Nogueira pressiona Pacheco sobre morte de patriota

Clériston da Cunha estava preso há dez meses por ter participado da manifestação do 08 de Janeiro.

14:30 - 23 nov 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: ASCOM

O deputado federal Rodolfo Nogueira (PL-MS), durante discurso na tribuna que ocorreu na noite da última quarta-feira (22), pressionou o senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG) para que o presidente do Senado tome providências em relação a morte do manifestante Clériston Cunha, 46 anos, que morreu dentro do presídio da Papuda. “Eu faço um apelo para que o Senado traga prerrogativas dessa Casa e que pare com ativismo do judiciário, que nós realmente possamos enxergar o mínimo de justiça novamente nesse Brasil”, disse o parlamentar.

O deputado pede para que Pacheco se mobilize em relação aos avanços do judiciário. “Existe justiça no Brasil? Esse sangue vai clamar por justiça. O judiciário e esse Senado tem sangue nas mãos pela omissão”, afirmou Nogueira.

O patriota Clériston da Cunha estava preso há dez meses por ter participado da manifestação do 08 de Janeiro. A Procuradoria Geral da República (PGR) havia apresentado pedido ao STF para que Clériston fosse liberado em agosto, devido às comorbidades que ele tinha, porém o pedido não foi atendido pelo Supremo e Clériston acabou sofrendo mau-súbito durante banho de sol, dentro da penitenciária.

Além dos discursos em tribuna e da mobilização nas redes sociais, alguns parlamentares se reuniram em frente ao STF para pedir que ministros soltem todos os presos do 08 de Janeiro, principalmente os que tem comorbidades e que já estão com os pedidos de soltura enviados pela PGR.

Após as mobilizações, o Supremo liberou quatro dos onze presos que tinham parecer favorável de soltura da PRG.