2
Campo Grande - MS Busca

Presidente Gerson alerta que criminalização da política enfraquece regime democrático

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Gerson Claro (PP), ao se manifestar no evento em que recebeu o título de Cidadão Honorário de Anastácio, fez um alerta sobre o risco à sociedade ao se criminalizar a atividade política, fato que contribui para enfraquecer o regime democrático, criando um ambiente […]

03:34 - 08 maio 2023 | Por

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Gerson Claro (PP), ao se manifestar no evento em que recebeu o título de Cidadão Honorário de Anastácio, fez um alerta sobre o risco à sociedade ao se criminalizar a atividade política, fato que contribui para enfraquecer o regime democrático, criando um ambiente para a demagogia e o populismo, “num flerte perigoso com o autoritarismo”.

“Tenho muitas divergências ideológicas, discordo do seu descompromisso com a liturgia do cargo que ocupava, inclusive nas manifestações públicas, mas não posso concordar, estou indignado, como cidadão, advogado e agente político, com a forma midiática, que a Polícia atuou, com aval do Judiciário, ao fazer a busca e apreensão na casa de um ex-presidente da República [Jair Bolsonaro] da carteira de vacinação que ele, supostamente, falsificou”, considerou o presidente do Parlamento.

O deputado complementou. “Não se trata de inocentá-lo previamente de uma denúncia grave. É necessária uma investigação séria, que se cumpra o devido processo legal, com amplo direito à defesa, direito assegurado a qualquer cidadão e que os rigores se apliquem caso a acusação seja comprovada”, destacou Gerson, deixando evidenciado que este posicionamento “é a defesa de um princípio aplicável, independentemente do status social ou das ideias e visão de mundo que abrace”. Ele ainda criticou o oportunismo de quem ataca a classe política como mera ferramenta de marketing para se elegerem.

Gerson Claro lembra que os agentes políticos são ferramentas fundamentais do processo democrático, pois fazem a mediação dos conflitos num país tão diverso, quanto desigual, como é o Brasil. “Nas diversas instâncias de Poder, no Executivo e Legislativo, estão representados os diferentes segmentos sociais, com suas demandas, suas utopias e também suas imperfeições. Temos uma legislação que estabeleceu mecanismos de transparência, órgãos de controle, capacitados, o Ministério Público independente, enfim, instituições com um sistema de freios e contrapesos, que está em permanente aperfeiçoamento”, destacou o parlamentar.

O presidente da Assembleia Legislativa recebeu o título de Cidadão Honorário de Anastácio por iniciativa do presidente da Câmara, vereador Ademir Alves (PSD). A entrega da homenagem foi na noite da quinta-feira (4). O evento integra a programação do aniversário da cidade que completa 58 anos na próxima segunda-feira, dia 8.

Pular para o conteúdo