2
Campo Grande - MS Busca
TURISMO

Prefeitura lança pedra fundamental que dá início à construção do primeiro parque turístico municipal de Campo Grande

o parque terá 28 hectares de extensão e contará com um complexo turístico completo, com receptivo e toda uma infraestrutura aliada à preservação.

11:09 - 29 ago 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: PMCG

Prefeitura lança pedra fundamental que dá início à construção do primeiro parque turístico municipal de Campo Grande
Grande expectativa do trade turístico e dos aventureiros que já conhecem a região do Ceuzinho e as suas cachoeiras exuberantes, foi o lançamento nesta segunda-feira, da pedra fundamental que dá início ao projeto de construção do primeiro Parque Turístico Municipal de Campo Grande, às margens da Estrada Municipal CG-060. Com investimento previsto de R$ 9,5 milhões, as obras terão início já no ano que vem. O ato de hoje integra o calendário festivo dos 124 anos da Capital.

Conforme projeto, o parque terá 28 hectares de extensão e contará com um complexo turístico completo, com receptivo e toda uma infraestrutura aliada à preservação. Estão previstos quiosques, redários, playgrounds, museus, restaurantes, apoio para trilhas e uma série de atrativos. A área tem quatro cachoeiras.

“Para nós, empresários do ramo do turismo que trabalhamos com atividades nesta região, este dia é muito emblemático. Em Campo Grande nós temos uma infinidade de atrativos turísticos, mas nenhum que representasse nossa cidade como local de turismo de natureza. Hoje nós damos um salto e afirmo que não há mais como conter o crescimento do turismo na nossa Capital”, afirmou Cristevan Veloso, empresário e condutor de turismo, que na ocasião representou o segmento.

Ao fazer o lançamento oficial do Parque, a prefeita Adriane Lopes destacou a importância da criação desse complexo para a cidade. “Esse sonho hoje se torna realidade. Sai do coração e da imaginação e transforma-se em passo concreto. Vejo a união de esforços para fazer com que este parque aconteça. Os turistas não irão mais chegar em Campo Grande, pegar uma van e partir para outras localidades. Com este parque eles irão sim, permanecer por um período em nossa cidade. Estamos projetando nossa Capital para o mundo”.

A região onde será construído o parque está inserida na Área de Proteção Ambiental da Bacia do Córrego Ceroula e foi permutada pela Energisa com a Prefeitura Municipal, a fim de receber o projeto de construção do parque para visitação pública. “Havia interesse do setor privado em fazer a compra do local, mas nós insistimos para que este espaço fosse ocupado pelo poder público e logo no primeiro contato com a gestão municipal, o projeto já nasceu”, afirmou Marcelo Vinhaes, diretor-presidente da Energisa.

Aventureira de carteirinha que participa dos passeios promovidos no Ceuzinho frequentemente, Zen da Trilha fez questão de participar da cerimônia de lançamento. “Para nós, trilheiros, isso aqui é um quintal de nossas casas e estamos muito felizes pois agora temos a certeza de que veremos este lugar sem depredações, sem lixo, com segurança e propício para a prática do turismo de aventura. É a realização de um sonho”, disse ela, bastante empolgada com os próximos passos do projeto.

O vereador Carlos Augusto Borges, presidente da Câmara Municipal, definiu a obra como um marco histórico. “É um momento ímpar que a Câmara participou junto com a Prefeitura e todo o seu secretariado. Esse é um sonho antigo do segmento de turismo aqui de Campo Grande. Uma cidade como Campo Grande precisa de inovação, de novos atrativos. Quem está na gestão tem de ter vontade política e a nossa prefeita tem essa vontade e tem demonstrado isso a cada iniciativa que estamos vendo nos últimos meses. Ela conta com o apoio da Câmara e da sociedade. Este será um marco não apenas na história da nossa cidade, mas também de Mato Grosso do Sul”, pontua.

“Hoje nós temos um perfil que consome o turismo de aventura e agora com o Parque, com toda essa estrutura, abrangerá muito mais pessoas. Desde quando começou a se falar na possibilidade de existir um parque, criamos uma grande expectativa e, hoje, ver que isso se torna uma realidade, é gratificante”, pontuou Mell Freitas, condutora de turismo.

O município irá investir na elaboração de um Plano de Manejo da Unidade de Conservação e ações de integração harmônica e sustentável da população com a natureza. Além disso, pretende incentivar atividades de lazer e recreação de forma sustentável com a criação do Parque.