2
Campo Grande - MS Busca
REGULAÇÃO

Parceria entre Agems e prefeitura de Jateí traz inovação na gestão ambiental de resíduos sólidos

Essa parceria representa um compromisso conjunto para implementar inovações na gestão de resíduos sólidos.

07:22 - 12 set 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: AGEMS

Em um movimento que promete revolucionar o manejo de resíduos sólidos e impulsionar a preservação do meio ambiente no estado, a Agems (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso do Sul) e a Prefeitura de Jateí firmaram um convênio histórico. Essa parceria representa um compromisso conjunto para implementar inovações na gestão de resíduos sólidos.

Sendo o 21º município a assinar o convênio com a agência reguladora, Jateí é uma das cidades brasileiras bem posicionadas quando o assunto é desenvolvimento com sustentabilidade. Ela ocupa atualmente a posição 183 entre os 5.570 municípios brasileiros bem desenvolvidos na gestão sustentável, segundo o relatório IDSC (Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades), lançado pelo Instituto Cidades Sustentáveis.

A gestão eficiente dos resíduos sólidos é um desafio global e, muitas vezes, um gargalo na preservação ambiental.

“Com a crescente conscientização sobre a importância da sustentabilidade, essa parceria com Jateí é um passo significativo na direção certa. A Agems está disponível para atender qualquer demanda que o município precisar, não somente no saneamento, mas também em transporte, rodovias, gás e energia”, afirma o diretor-presidente da autarquia, Carlos Alberto de Assis.

O que o convênio representa?
O convênio firmado entre a Agems e Jateí tem como objetivo principal implementar práticas inovadoras e sustentáveis no manejo de resíduos sólidos. A parceria promoverá a expansão e aprimoramento da coleta seletiva na cidade.

Educação ambiental
De acordo com a diretora de saneamento básico e resíduos sólidos, Iara Marchioretto, serão desenvolvidas várias ações, incluindo programas de conscientização ambiental para a comunidade, escolas e empresas locais. “A educação desempenhará um papel fundamental na mudança de comportamento em relação ao manejo dos resíduos sólidos”, explica.

Benefícios para a comunidade
A implementação dessas inovações no manejo de resíduos sólidos trará uma série de benefícios para o meio ambiente e a comunidade de Jateí, uma vez que o projeto estabelece as bases para uma gestão de resíduos sólidos sustentável a longo prazo, contribuindo para a qualidade de vida das gerações futuras.

“À medida que o mundo enfrenta desafios cada vez maiores relacionados à preservação ambiental, essa colaboração demonstra que, com ação coletiva e inovação, é possível criar um futuro mais limpo, verde e sustentável para todos”, finaliza o prefeito do município, Eraldo Jorge Leite.

Pular para o conteúdo