2
Campo Grande - MS Busca
Policial

Operação destrói 220 toneladas de maconha avaliada em US$ 6,7 milhões na Fronteira

A ação contou com a participação das forças brasileiras.

08:00 - 04 out 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: SENAD

Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai retirou de circulação 225 toneladas de maconha durante a operação Basalto II, de acordo com o balanço divulgado nesta terça-feira (3). O esforço contou com a participação das forças brasileiras.

Em dois dias operacionais, a ação policial desmantelou 38 espaços utilizados como “acampamentos” para produção do entorpecente. Em um deles, 30,9 toneladas já estava pronta para a distribuição.

A nota enviada à imprensa ressalta que o prejuízo econômico às finanças do tráfico representam mais de US$ 6,7 milhões.

Ontem, uma espécie de “complexo industrial” de produção de maconha foi desmontada no departamento de Canindeyú, a 70 km de Paranhos. Apenas nesse local, pelo menos seis toneladas de maconha em fase de cultivo e já pronta para o consumo foram destruídas. A estrutura usada pelos produtores também foi queimada.

Conforme a Senad, os três acampamentos funcionavam interconectados, com iluminação gerada por motor a diesel, e equipados com sete prensas hidráulicas, material usado para embalar os tabletes e outros equipamentos industriais. Ninguém foi preso, mas a agência comemora o resultado, por causar prejuízo financeiro aos traficantes.

Pular para o conteúdo