2
Campo Grande - MS Busca
SAÚDE

Novo Prontuário Digital moderniza, proporciona maior transparência e otimiza serviços de saúde

Paciente poderá acompanhar classificação, tempo de espera e será chamado por sistema de som interno.

14:00 - 30 ago 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: PMCG

Nesta quarta-feira (30), a Prefeitura Municipal de Saúde, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), lançou o novo Prontuário Digital da Rede Municipal da Saúde, dentro da programação de aniversário de 124 anos de Campo Grande. A cerimônia foi realizada na Unidade de Pronto Atendimento Aparecida Gonçalves Saraiva, a UPA Universitário, a primeira a receber o novo sistema.

A prefeita Adriane Lopes destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pelas equipes da Secretaria de Saúde e pontuou os diversos investimentos que vêm sendo realizados na área da saúde, com o objetivo de dar um atendimento de melhor qualidade à população campo-grandense.

“Estamos avançando na área da saúde, através da revitalização e reforma das unidades de saúde, valorização dos nossos profissionais e entregas de novas ferramentas, como o Prontuário Digital, que certamente irá contribuir de maneira significativa no processo de trabalho. A saúde é e sempre será prioridade na nossa gestão, e tenham a certeza que continuaremos trabalhando de maneira incansável para atingir o objetivo de dar um atendimento mais digno para a nossa população”, disse.

Foto: Divulgação/Assessoria

O secretário municipal de Saúde, Sandro Benites, destaca que o lançamento do novo sistema de prontuário digital da Rede Municipal de Saúde é um marco importante na busca contínua por uma assistência em saúde de excelência.

“Com a implementação do sistema Helper, estamos dando um passo significativo em direção à modernização dos nossos serviços. A disponibilização de chamadas dos pacientes por meio de painéis e voz digital não apenas aumentará a confiabilidade e transparência das ações das nossas equipes de profissionais de saúde, mas também permitirá uma gestão mais eficiente e ágil dos atendimentos. Nosso compromisso é com a melhoria constante da experiência do paciente e com o aprimoramento das condições de trabalho dos nossos servidores”, diz.

Segundo o secretário, a expectativa é implementar o sistema em todas as unidades de urgência e emergência do município ainda este ano e, posteriormente, expandir para todas as unidades da Rede Municipal de Saúde.

“Estamos buscando uma transformação abrangente com relação a como entregamos cuidados de saúde. Hoje, a tecnologia é uma ferramenta indispensável no campo da saúde, e essa iniciativa é um exemplo concreto de como podemos otimizar nossos serviços para oferecer uma assistência mais eficaz e humanizada. Agradecemos a todos os envolvidos nesse processo e estamos comprometidos em continuar investindo em inovação para o bem-estar da população”, conclui.

Foto: Divulgação/Assessoria

O novo sistema foi desenvolvido totalmente em ambiente Web pela equipe de profissionais da Coordenadoria Geral de Suporte Tecnológico e Informação (CGSTI) da Sesau, com o objetivo de otimizar a gestão de informações em tempo real nas unidades de saúde de atendimento de urgência e emergência.

O sistema oferece a possibilidade de extração de dados e acompanhamento em tempo real de informações, oferecendo indicadores de desempenho e metas, dados e estatísticas gerenciais das unidades de saúde, otimizando tomadas de decisões pelos gestores, além do monitoramento dos pacientes em atendimento na unidade de saúde, desde sua chegada até a liberação após o atendimento, informando dados como tempo dos atendimentos nos diversos setores, assim como o tempo de espera em cada setor, com a comunicação eletrônica entre os profissionais de saúde.

Foto: Divulgação/Assessoria

Foram respeitadas as obrigatoriedades legais impostas pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, com gestão individual de acessos pelos profissionais, através de controle de usuários e senhas.

Um sistema informatizado oferece várias vantagens, dentre elas, a economicidade e diminuição de custos, maior segurança dos dados dos pacientes, otimização do planejamento de trabalho, e gerenciamento mais fidedigno das informações pelos gestores em saúde.

Pular para o conteúdo