2
Campo Grande - MS Busca
Últimas Notícias

Na Cãominhada, AGEMS orienta tutores sobre transporte regular de pets em viagens intermunicipais

A Agência de Regulação do Mato Grosso do Sul, AGEMS, esteve presente na 1ª Cãominhada do bem-estar animal, realizada neste domingo (21), em Campo Grande. Servidores da Agência orientaram tutores sobre como é realizado e quais são as regras para o transporte de animais em viagens intermunicipais. A primeira Cãominhada é um evento promovido pela […]

22 maio 2023 às 18h35min |
Compartilhe:

A Agência de Regulação do Mato Grosso do Sul, AGEMS, esteve presente na 1ª Cãominhada do bem-estar animal, realizada neste domingo (21), em Campo Grande. Servidores da Agência orientaram tutores sobre como é realizado e quais são as regras para o transporte de animais em viagens intermunicipais.

A primeira Cãominhada é um evento promovido pela Assessoria Especial de Defesa e Proteção da Vida Animal, ligada a Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), e teve como objetivo promover a conscientização contra os maus tratos a animais e atenção no trânsito (Campanha Maio Amarelo). Estiveram presentes a primeira-dama Monica Riedel, secretários de Estado, protetores da causa animal, forças de segurança e parceiros do ramo pet.

“Hoje é um dia especial com esses seres que são parte da nossa família, nossos pets, é um dia que a população se faz presente em um evento que tenho certeza que vai conscientizar muito mais pessoas que vão cuidar dos animais. Quero agradecer a todos que participaram, principalmente aos cuidadores de animais que fazem um trabalho fantástico”, destaca o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis.

Desde a nova gestão, a AGEMS trabalha o social dentro do contexto da regulação através da modernização nas ações. De acordo com a diretora de Inovação e Relações Institucionais, Rejane Monteiro, essa é mais uma ação integrada de sucesso que traz benefícios à população.

“A AGEMS é parceira e trabalha o social em benefício da população do Mato Grosso do Sul através dos serviços públicos regulados. Hoje trouxemos informações e tiramos dúvidas a respeito do transporte de animais nas viagens intermunicipais e estamos sempre à disposição dos cidadãos para quaisquer esclarecimentos sobre os serviços que regulamos”, afirma Rejane.

Causa animal e solidariedade
O evento contou com um espaço saúde pet com vacinação contra raiva, microchipagem e testagem para Leishmaniose. O espaço também teve um ponto de arrecadação de ração e a AGEMS e o Instituto TamoJunto arrecadaram de forma integrada cerca de meia tonelada de ração que serão doadas para protetoras das OSCs (Organizações da Sociedade Civil) e casas de abrigo de animais.

O IDPAMS (Instituto De Proteção Ambiental de Mato Grosso do Sul) realizou uma feira de adoção responsável com cães e gatos, adultos e filhotes e também um stand com artesanatos e acessórios pet.

A profissional de educação física, Nany Amorim, 37 anos, levou seu pet no evento e ressaltou a importância de informações sobre o transporte para animais em viagens rodoviárias.

“Essa com certeza foi uma ótima ação de incentivo para a causa animal e a participação da AGEMS foi fundamental no esclarecimento de dúvidas quanto a viagem com os pets. Para mim foi bastante esclarecedor entender as regras e como funciona”, afirma Amorim.

Transporte de pets em viagens – entenda as regras

Quem pode embarcar?
Cães e Gatos, com peso de até 10 quilos.
Como levar o animal?
O pet vai na cabine de passageiros, nunca no bagageiro!
Compre a passagem para a poltrona onde a caixa de transporte vai ser colocada.
SIM! Esse passageiro especial viaja no assento, ao lado do tutor, devidamente acondicionado dentro de caixa apropriada para o transporte de animais.
A tarifa tem o valor normal da linha.

Antes do embarque, providencie:
• Atestado de saúde firmado por médico veterinário, emitido no período de 15 dias antes da viagem.
• Carteira de vacinação atualizada, onde constem as vacinas antirrábica e polivalente.
• Plaqueta de identificação com o nome e o telefone do proprietário.

No momento de embarcar:
• O animal precisa estar na caixa de transporte e deve permanecer assim durante todo o tempo em que estiver dentro do veículo.
• Estar devidamente higienizado.
Apresente toda a documentação e respeite as orientações da empresa

Em cada veículo, a limitação é de no máximo dois animais simultaneamente. Consulte a empresa transportadora antes de adquirir o bilhete para o seu PET.

Importante
A empresa poderá recusar o embarque de animais visivelmente debilitados, feridos doentes ou em adiantado estado de gestação. E também poderá restringir o transporte de animais na cabine de passageiros aos horários de menor movimento, nos casos de picos na demanda.

Em caso de dúvidas, o usuário pode entrar em contato com a Ouvidoria da AGEMS, no WhatsApp 3025-9505, no telefone 0800 600 0506, no e-mail [email protected]; ou acessar o e-Ouvidoria no APP MS Digital.