2
Campo Grande - MS Busca

Movimento com comemoração no Dia dos Pais deve dobrar este ano e filhos devem comprar presentes presencialmente

Neste ano de 2023 a maioria dos campo-grandenses e sul-mato-grossenses vão reservar a data junto com o paizão. 95,20% dos entrevistados na pesquisa de Intenções de Compras e Comemorações para o período, realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF/MS), em parceria com o Sebrae/MS, disseram que vão passar o dia com o […]

21:17 - 22 jul 2023 | Por

Neste ano de 2023 a maioria dos campo-grandenses e sul-mato-grossenses vão reservar a data junto com o paizão. 95,20% dos entrevistados na pesquisa de Intenções de Compras e Comemorações para o período, realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF/MS), em parceria com o Sebrae/MS, disseram que vão passar o dia com o pai e entregar o presente pessoalmente. Outros 4,80% vão mandar entregar.

A data deve movimentar, somente em Campo Grande, R$ 98.887.483,00. Os valores estão divididos em R$ 44.073.447,00 em presentes e R$ 54.814.036,00 em comemorações. A soma da movimentação financeira é 35% maior que em 2022, quando foram previstos R$ 73.035.620,00.

 

A festa em casa, junto da família, já está na agenda. 86% dos entrevistados disseram que vão passar o dia com a família e comprar ingredientes para a comemoração. É o caso de João Carlos Macedo. Ele conta que todo ano o churrasco é garantido e que em 2023 não vai ser diferente. “Sempre fazemos um churrasco em família, meu pai gosta muito de assar carne e como bons sul-mato-grossenses não tem jeito melhor de comemorar que comendo uma carninha”, afirma.

Outros 9% vão comemorar em um restaurante. Já 4% dizem viajar ou passear com o pai em algum. Somente 1% vai pedir comida pronta para comer junto com a família.

O presente também está garantido e para felicidade do comércio local, a maioria dos entrevistados, vai comprar em loja física. De acordo com o estudo, 81% das pessoas vão escolher o presente presencialmente e somente 19% vão optar por compras on-line.

“A pesquisa mostra que é um bom momento para o comércio e serviços aproveitarem a data e vender mais. Os filhos pretendem gastar em média R$ 187,89 com presentes e R$ 200,05 com comemorações, é um valor interessante para o empresário se preparar para as vendas. Uma dica é preparar kits prontos para o churrasco, de presentes e tudo que venha facilitar essa escolha. O consumidor quer facilidade e quem encantar primeiro, conquista”, diz Adelaido Vila, secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio.

Roupas segue em disparado na preferência dos presentes: 44,07% disseram que vão escolher alguma peça para o papai, já 23,41% vão escolher perfume; 21,55% calçados; 8,13% carteiras, mochilas e acessórios; 5,39% relógios e joias e 3,72% eletrônicos. O gasto médio previsto é de R$ R$ 187,59.

Na hora de escolher os presentes, os filhos dão preferência para qualidade dos produtos (50,64%), escolha que o pai fez (28,21%), produto que viu na vitrine (12,24%), dicas de amigos e familiares (4,51%) e propagandas (3,13%). O pagamento à vista deve ser a escolha da grande maioria – 70,72%.

 

O estudo foi realizado através de uma pesquisa de natureza quantitativa, pelo método de entrevista em ponto de fluxo, foi utilizado questionário estruturado de acordo com os objetivos da pesquisa. O intervalo de confiança é de 95%. Para tanto, foram entrevistadas 1981 pessoas, entre 21/06 a 28/06 de 2023, nos municípios de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, Bonito e Corumbá/Ladário e Três Lagoas.

Confira a pesquisa na íntegra http://www.fecomercio-ms.com.br/wp-content/uploads/2023/07/Dia-dos-pais-MS-2023-2.pdf

Web Stories

Ex-vereador é morto após confusão em evento de confraternização Dicas para bons hábitos de sono para crianças Militar perde a vida após acidente grave em Aquidauana Traficante “Gringo” é executado O segredo do engajamento no Instagram