2
Campo Grande - MS Busca
Policial

Irritado com demora no carregamento, caminhoneiro agride funcionário de frigorífico

O caso aconteceu em Bataguassu.

14:00 - 13 abr 2024 | Por Douglas Duarte

Um motorista de caminhão, de 55 anos, e um funcionário de frigorífico, foram parar na delegacia após um desentendimento que culminou em agressão e um celular quebrado, em Bataguassu, município a 340 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência e ao chegar no local, o motorista do caminhão relatou que, esperava há quatro dias para carregar o caminhão. Devido a demora no carregamento, ele se irritou e levou à discussão com o analista de transporte da empresa, que teria zombado da situação e filmado a cena. Ele pediu então pediu que o funcionário da empresa parasse de filmar a situação e a negativa o descontrolou, momento em que ele tomou o celular das mãos do analista e jogou no chão.

Já o colaborador, de 24 anos, relatou que recebeu ordens para verificar um caminhão que estaria estacionado de modo a impedir que houvesse carregamento de outros caminhões naquele setor da indústria. O funcionário contou que encontrou o motorista retirando o veículo do local, mas que o caminhoneiro teria tentado atropelá-lo.

Na sequência, o motorista deixou o caminhão, dirigiu-se até o analista que registrava a cena e deu-lhe um soco no rosto. Em seguida, o caminhoneiro tomou o celular das mãos do rapaz e arremessou em uma poça d’água.

Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Bataguassu sem qualquer resistência, onde o caso foi registrado como crimes de lesão corporal dolosa, dano e vias de fato. O funcionário do frigorífico apresentou uma lesão no rosto, próximo ao olho direito e o celular, arranhado e encharcado. O motorista não estava ferido.

Web Stories

Ex-vereador é morto após confusão em evento de confraternização Dicas para bons hábitos de sono para crianças Militar perde a vida após acidente grave em Aquidauana Traficante “Gringo” é executado O segredo do engajamento no Instagram