2
Campo Grande - MS Busca
Tecnologia

iPhone 12 terá atualização global, após suspeita de radiação excessiva

Medida será tomada pela Apple, a fabricante do aparelho, depois que agência francesa determinou a retirada do celular do mercado

14:00 - 17 set 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: Divulgação

A Apple vai atualizar o sistema operacional do iPhone 12 em todo o mundo, depois que a França determinou a retirada do produto do mercado, por causa do nível de ondas magnéticas emitido pelo aparelho.

Inicialmente, a empresa havia informado que a atualização do software ocorreria apenas entre usuários franceses. Depois, anunciou que o processo acontecerá em todos os países onde opera.

Testes

A ANFR afirmou que testou 141 iPhones 12. Na análise, constatou a emissão de 5,74 W/kg (watts por quilograma) de ondas eletromagnéticas, enquanto o máximo permitido pela União Europeia é de 4 W/kg.

Ou seja, de acordo com o órgão francês, o nível constatado excede em 1,74 watts por quilograma (W/kg) o valor limite regulamentar correspondente à energia que o corpo humano pode absorver ao segurar o telefone na mão.

Ajuste
“Após conversas e conforme solicitado pela ANFR, a Apple me assegurou que implementará uma atualização no iPhone 12 nos próximos dias”, afirmou o secretário para assuntos digitais francês, Jean Noel Barrot, em um comunicado enviado à agência de notícias AFP.

A ANFR informou ainda que “está se preparando para testar rapidamente essa atualização que, em última análise, tornaria o modelo adequado” para ser vendido no mercado francês.

Questionamento

A Apple inicialmente questionou as conclusões da ANFR, afirmando que o iPhone 12 estava em conformidade com os padrões definidos em todo o mundo. A empresa criticou o protocolo de testes usado pelos reguladores franceses, mas, por fim, se propôs a fazer a atualização. O iPhone 12 foi anunciado em 2020 e lançado no ano seguinte.Na quinta-feira (14/9), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) afirmou que vai apurar se o nível de radiação emitida pelo modelo está de acordo com as normas brasileiras. Em nota divulgada no dia seguinte, sexta (15/9), a direção do órgão nacional afirmou que consultaria a agência francesa para obter mais detalhes sobre o caso.

Web Stories

Adolescente mata a família por ter celular confiscado Ex-vereador é morto após confusão em evento de confraternização Dicas para bons hábitos de sono para crianças Militar perde a vida após acidente grave em Aquidauana Traficante “Gringo” é executado