2
Campo Grande - MS Busca
Saúde

Exames de mamografia são oferecidos gratuitamente até sexta para mulheres da Região das Moreninhas

A ação é uma parceria da Prefeitura Municipal de Campo Grande com o hospital e tem por objetivo ampliar o acesso aos exames e proporcionar o diagnóstico precoce.

16:21 - 15 ago 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: PMCG

Até sexta-feira (18), a carreta de prevenção ao câncer do Hospital do Amor estará instalada no estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Moreninhas, ofertando exames de mamografia às mulheres da região. A ação é uma parceria da Prefeitura Municipal de Campo Grande com o hospital e tem por objetivo ampliar o acesso aos exames e proporcionar o diagnóstico precoce. Os atendimentos acontecem de 8h às 16h sem a necessidade de agendamento prévio.

A mamografia é recomendada para todas as mulheres de 40 a 69 anos e deve ser feita anualmente para prevenir o câncer de mama, que é o segundo tipo de carcinoma mais incidente entre as brasileiras, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Identificado em estágios iniciais, o câncer de mama tem percentual de cura elevado.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA),  casos de câncer de mama são ainda mais comuns e afetam 61,05 a cada 100 mil mulheres.

São considerados sinais e sintomas suspeitos de câncer de mama:

Nódulo mamário em mulheres com mais de 30 anos, que persistem por mais de um ciclo menstrual.
Nódulo mamário de consistência endurecida e fixo ou que vem aumentando de tamanho, em mulheres adultas de qualquer idade.
Saída de secreção sanguinolenta unilateral.
Presença de nódulos nas axilar. Aumento progressivo do tamanho da mama, pele com aspecto de casca de laranja.
Mudança no formato do mamilo.

Serviço:

A Unidade Móvel ficará instalada no estacionamento da UPA Moreninhas, localizada na Avenida Araticun, 25 – Moreninha.

Preventivo

Na rede municipal de saúde, o serviço de coleta de preventivo é realizado nas 74 unidades de saúde de Campo Grande, sendo feito através de agendamento por demanda espontânea, ou seja, a mulher entre 25 e 64 anos que deseja fazer o exame deve ir até uma unidade de saúde, onde será acolhida pela equipe, e manifestar o desejo pelo exame, desta forma será feito o agendamento conforme a demanda interna de cada uma das unidades básicas da Capital.

O Papanicolau é recomendado para todas as mulheres que têm ou já tiveram vida sexual ativa. Os dois primeiros exames devem ser realizados anualmente. Caso os resultados sejam negativos, os demais podem ser feitos a cada três anos, se os resultados estiverem normais. Se diagnosticado na fase inicial, a chance de cura é de 100%

A priorização desta faixa etária como a população-alvo justifica-se por ser a de maior ocorrência das lesões no colo do útero, passíveis de serem tratadas para não evoluírem para o câncer. Os exames podem diagnosticar o câncer de cólon de útero e o de mama, os dois mais comuns entre as mulheres.

Web Stories

Adolescente mata a família por ter celular confiscado Ex-vereador é morto após confusão em evento de confraternização Dicas para bons hábitos de sono para crianças Militar perde a vida após acidente grave em Aquidauana Traficante “Gringo” é executado