2
Campo Grande - MS Busca
Cultura

Diversidade cultural é marca registrada do 1º Festival Reviva Mais Campo Grande

O evento, que faz parte do calendário de comemorações do aniversário de Campo Grande, é realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura.

14:13 - 25 ago 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: PMCG

Uma quinta-feira (25) ensolarada e repleta de atrações artísticas: foi assim mais um dia do 1º Festival Reviva Mais Campo Grande – 124 anos Cultura e Turismo. O evento, que faz parte do calendário de comemorações do aniversário de Campo Grande, é realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura.

Além das apresentações culturais que iniciam diariamente às 9h, outro ponto alto do Festival são os stands com exposições de diversas instituições ligadas à cultura. Chamando a atenção dos visitantes, Amanda Cosplay, vestida de Rey de Star Wars, distribuiu simpatia e explicou a importância do evento para a divulgação da cultura geek. “Este espaço está sendo incrível. Estamos representando este público que gosta do geek, do nerd e que não tinham local e liberdade para mostrar que também somos arte. Fomos recebidos de braços abertos e agradecemos muito a oportunidade”.

Outro destaque do Festival são as performances de artes visuais. Munidos de cavaletes, pincéis, tintas e sprays, os artistas realizam suas pinturas ao vivo sob os olhares atentos dos espectadores. “É muito gostoso este contato com o público, tirar as dúvidas, bater um papo. Esse formato de evento, com várias linguagens artísticas, é muito bom, pois não divide o público e sim, agrega. Estou sempre disposto a participar de festivais assim, pois creio que devemos fazer com que as pessoas se acostumem com a arte”, afirmou Ton Barbosa, artista visual.

As famílias seguem marcando presença na Esplanada. Derliane Dill elogiou a organização e variedade. “Fiquei sabendo do Festival há alguns dias atrás pelas redes sociais e hoje viemos prestigiar. Está tudo lindo, uma grande diversidade de coisas para apreciarmos. Adoramos!”. Isabella Lopes, de 11 anos, filha de Derliane, provou que entende de cultura e já deu a dica para a próxima edição. “No próximo festival eu quero ver capoeira, pois é uma arte muito rica, que faz parte da nossa cultura. Mas estou amando tudo que estou vendo”, afirmou.

Por entre exposições e apresentações dos mais variados estilos, os shows musicais do Reviva Mais Campo Grande também garantem a diversidade cultural. O prata da casa Geraldo Espíndola cantou seus grandes sucessos e parabenizou a Prefeitura pela iniciativa. “É sempre um prazer cantar a nossa terra, para nosso povo. A gestão está de parabéns pelo projeto que abraça a nossa cultura grandemente”. Em seguida ao show de Geraldo, o público contemplou a música pop com Danny Cristine, o samba com Gideão Dias e o forró da banda nacional Os Gonzagas.

Programação

O 1º Festival Reviva Mais Campo Grande – 124 anos Cultura e Turismo continua nesta sexta-feira (25). Entre as atrações, haverá apresentação de circo com a Cia Apoema, de teatro com o Grupo Casa encenando a peça “A borboleta mais velha do mundo” e de dança, com o Grupo Contemporâneo de Dança Livre de Minas Gerais com o espetáculo “Cartografia”.

A partir das 19h, o rock’nroll toma conta da Esplanada com shows de On the Road, Érika Espíndola e Flávio Bernardo, Haiwanna e Filho dos Livres.

Pular para o conteúdo