2
Campo Grande - MS Busca
Mercado Munipal

Com inovação e sustentabilidade, Mercadão comemora 65 anos de história e muitas conquistas

Representando o governador Eduardo Riedel, o diretor-presidente da Agems Carlos Alberto de Assis parabenizou o centro comercial que o definiu como a “casa” do sul-mato-grossense

13:02 - 30 set 2023 | Por Assessoria

Foto: Assessoria

No coração de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, o Mercadão Municipal, um dos símbolos mais queridos e icônicos da cidade Morena, está em festa.

Neste sábado (30), o Mercadão completou 65 anos de história e conquistas que o transformaram em um verdadeiro tesouro local. Além de sua rica tradição, o Mercadão Municipal agora orgulha-se de um compromisso renovado com a sustentabilidade, graças a uma parceria inovadora que traz um novo brilho à sua jornada.

Representando o governador Eduardo Riedel, o diretor-presidente da Agems Carlos Alberto de Assis parabenizou o centro comercial que o definiu como a “casa” do sul-mato-grossense.

“Um dia feliz, aniversário desse ponto turístico de Mato Grosso do Sul, 65 anos da família Mercadão, da nossa casa em Campo Grande. Eu tenho prazer em fazer parte dessa família há muitos anos e dizer que o governado do Estado é parceiro com o Mercadão, que já trabalha com projetos futuros para que junto com a prefeitura possa trazer ainda mais melhorias para os campo-grandenses”, destaca Carlos Assis.

Comerciantes, autoridades e a população cantaram um parabéns para lá de animado com direito a bolo temático e chuva de prata para comemorar os longos anos de história. Estiveram na solenidade, o secretario municipal de Governo, João Rocha, vereador Claudio Serra e a prefeita da Capital Adriane Lopes.

Foto: Assessoria

Ambiente Sustentável

Em julho deste ano, o Mercadão Municipal tornou-se parte de uma iniciativa notável para tornar a cidade mais ecológica e eficiente. Em colaboração com a Agência de Regulação de MS (Agems) e a Energisa, o Mercadão Municipal adotou um sistema de energia fotovoltaica.

Essa inovação não apenas reduziu significativamente os custos operacionais, mas também fez do Mercadão um defensor dedicado da preservação do meio ambiente. A energia solar agora alimenta as operações do mercado, um passo crucial em direção a um futuro mais sustentável.

“Nós temos muito agradecer, é uma data que precisa ser comemorada, são 65 anos de história. Nós somos gratos pela parceria com o Carlos Alberto através da Agems, o governador Eduardo Riedel, e a Energisa, que nos presenteou nesse ano com o sistema de energia fotovoltaica, que foi um grande presente para o Mercadão, temos muitos projetos ainda para acontecer que futuramente divulgaremos, mas o sentimento para hoje é de gratidão por tudo”, afirma o presidente do Mercadão, Cleuber Linares.

Atualmente o mercado possui uma área de 2.051,70 m² onde estão distribuídos 147 bancas e 77 boxes com variedade de recursos hortifrutigranjeiros, carnes e peixes da região, com produtos de qualidade e preços acessíveis aos consumidores.

Foto: Assessoria

História Viva

A história do Mercadão Municipal remonta a 1957, quando sua construção começou a se tornar realidade. Originalmente, era uma “feira livre” que ocupava uma vasta área entre a Avenida Afonso Pena e a Rua Sete de Setembro, seguindo os trilhos da ferrovia Noroeste do Brasil. Com o tempo, o mercado evoluiu e, na década de 50, mudou-se para a Rua Antônio Maria Coelho, dando lugar ao que agora conhecemos como o Mercadão.

Em 2006, o Mercadão passou por uma revitalização significativa. O estacionamento foi ampliado, novas luminárias foram instaladas e o telhado, que havia sido danificado pelo passar dos anos, foi reformado. Essas melhorias não apenas preservaram o local histórico, mas também garantiram que ele continuasse sendo um epicentro da identidade cultural e histórica da cidade.

O Mercadão Municipal de Campo Grande é mais do que apenas um mercado; é um ponto de encontro para a comunidade, um marco que evoca memórias e uma vitrine para a cultura local.

Agora, com seu compromisso renovado com a sustentabilidade, o Mercadão continua a evoluir, inspirando gerações futuras a valorizar e proteger o patrimônio histórico e o meio ambiente, tornando-se um exemplo notável de como tradição e inovação podem andar lado a lado.

Foto: Cleidiomar Barbosa

Publicado por: Bruna Aquino

Pular para o conteúdo