2
Campo Grande - MS Busca

Com iniciativa da Agems e Energisa, Mercadão Municipal comemora 65 anos com novo sistema de energia sustentável

O Mercadão Municipal de Campo Grande, celebra esse ano, seus 65 anos de história com um importante projeto em prol da sustentabilidade. Através da iniciativa da Agems e a Energisa, o centro comercial agora possui um novo sistema de energia fotovoltaica, que reduzirá os custos e contribuirá para a preservação do meio ambiente. Na inauguração […]

12:15 - 24 jul 2023 | Por

O Mercadão Municipal de Campo Grande, celebra esse ano, seus 65 anos de história com um importante projeto em prol da sustentabilidade. Através da iniciativa da Agems e a Energisa, o centro comercial agora possui um novo sistema de energia fotovoltaica, que reduzirá os custos e contribuirá para a preservação do meio ambiente.

Na inauguração do novo sistema, o governador do Estado, Eduardo Riedel, destacou que desenvolvimento e a sustentabilidade andam juntos e o Mercadão é um exemplo claro disso.

“O que foi realizado aqui no Mercadão é o que a gente quer ver não só para Campo Grande, mas para Mato Grosso do Sul, é uma palavrinha chave e chama eficiência. Quando se constrói em parceria um sistema desse, é ganho e resultado econômico para as pessoas e responsabilidade com a sustentabilidade. É essa uma das diretrizes centrais do Mato Grosso do Sul”, enfatiza Riedel.

O governador ainda reiterou o trabalho da Agems em prol do desenvolvimento do Estado.
“Em nome do Carlos, quero cumprimentar os servidores da Agência de Regulação, a Agems é outra com o Carlos Alberto a frente, obrigado Carlos pelo seu trabalho, responsabilidade, dedicação e ao mesmo tempo, extremo comprometimento com o nosso Estado”, afirmou o governador.

Iniciativas de sucesso

Diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto de Assis, enfatizou que o projeto de eficiência energética tem contemplado importantes centro comerciais e históricos da cidade, como o Camelódromo, a Feira Central, agora o Mercadão e futuramente outros locais poderão ser beneficiados.

“É mais uma entrega do governo do Estado, mais uma entrega da Agems, são parcerias eficientes que dão certo, muito obrigado pela confiança. Nós estamos dando todo apoio as concessionárias que realizam entregas a população e é assim que a gente cresce no Estado”, afirma Assis.

Com mais um objetivo atingido na instalação de energia fotovoltaica nos três maiores centros culturais e comerciais da cidade, o diretor-presidente da Agems, propôs mais um desafio. Uma avenida cultural direta que liga os três centros populares da região.

Diretor-presidente da Energisa em MS, Marcelo Vinhaes, acompanhado do presidente do conselho do grupo, Ivan Muller Botelho, pontuou que a entrega de mais um projeto representa a essência da concessionária.

“Isso traz um benefício para Campo Grande, para a sociedade, são cinco mil pessoas que visitam o Mercadão diariamente. Para nós é um grande prazer contribuir para que haja economia para que possa sobre recursos e o Mercadão invista em melhorias e seja ferramenta para propagar a cultura e o turismo aqui no Mato Grosso do Sul”, pontua.

Energia limpa

O local ganhou a instalação de condicionadores de ar e a implementação de um sistema gerador fotovoltaico, com investimento total de R$ 166.599,13. Com isso, a economia de aproximadamente 41,39 MWh/ano no consumo.

“O sistema já está funcionando, nós já conferimos na nossa conta e realmente a economia é real. Isso marca os 65 anos do Mercadão e nós só temos a agradecer ao Governo do Estado, ao Carlos Alberto e toda a Agems que junto com a Energisa, nos proporcionou essa nova realidade. Com a implementação desse sistema e mais um esforço da nossa parte, hoje podemos dizer que temos um sistema que gera 100% de energia limpa na área comum do Mercadão”, afirma o presidente do centro comercial, Cleuber Linares.

O Mercadão

O Mercado Municipal Antônio Valente, mais conhecido como Mercadão, localiza-se em uma área de 2.051,70 m² onde estão distribuídas: 144 Bancas e 77 Boxes. O espaço é conhecido principalmente por oferecer produtos típicos da cultura sul-mato-grossense: queijo caipira, peixes, ervas de tereré e chimarrão, ervas medicinais, doces caseiros, verduras, cereais, artesanato, carnes, produtos para lida do campo, calçados, pasteis e lanches em geral, além de produtos comercializados pelos indígenas da região. Atualmente o mercadão é um dos pontos turísticos mais visitados da capital, um passeio repleto de cheiros, cores, sabores e identidade que atrai mais de 5 mil pessoas todos os dias.

Comerciante há muitos anos do Mercadão, Ronald Kanashiro, explica que essa iniciativa beneficia tanto os comerciantes como a população no geral.

“Isso nos estimulou a melhorar, primeiramente no impacto da natureza, porque agora estamos gerando energia limpa e também isso impacta diretamente no orçamento do empresário do Mercadão, porque com a eficiência energética aqui, poderemos utilizar o recurso da energia comum para outras melhorias aqui no nosso centro comercial. O Mercadão Municipal tem uma busca muito grande para continuar sendo essa expressão história e cultural que se afirma na sociedade, com certeza com esse projeto, teremos um fôlego maior para manter a qualidade e a tradição que o mercado carrega por décadas”, finaliza o empresário.

Web Stories

Ex-vereador é morto após confusão em evento de confraternização Dicas para bons hábitos de sono para crianças Militar perde a vida após acidente grave em Aquidauana Traficante “Gringo” é executado O segredo do engajamento no Instagram