2
Campo Grande - MS Busca
Cultura

Com apoio da Prefeitura, Feira Bosque da Paz movimenta mais de R$ 7 milhões em um ano

A edição deste domingo (20), foi especial em contou com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

08:07 - 21 ago 2023 | Por Douglas Duarte

Créditos: PMCG

Comemorando um ano de criação neste mês, a Feira Bosque da Paz, maior feira livre do Mato Grosso do Sul, movimentou R$ 7.200.00,00 e conquistou uma média de 20 mil pessoas em cada domingo. A edição deste domingo (20), foi especial em contou com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

A programação do palco principal contou com a apresentação dos artistas como o Grupo Sampri, André Stábile, Dj Tamys, Coral EMI e Banda T404.

A organizadora Carina Zamboni, conta que não esperava estar comemorando um ano sendo idealizadora da maior feira do Estado. “É muito emocionante para gente, saber que daqui muita gente tira seu sustento, muitas famílias criam memórias incríveis e que a gente faz parte disso, a gente não esperava o tamanho que ia virar e com certeza só é possível graças ao apoio e parceria que nós temos da Prefeitura”, pontua.

Jeane Arguelo, começou a apreender no ramo alimentício junto com o nascimento da Feira. Com a receita de biscoitos da sua avó, hoje ela tira da Feira e da “Delicias da Je”, seu maior sustento. “Eu fazia artesanato, mas queria mudar de rumo e comecei a fazer as receitas da minha avó que também vendia esses biscoitos como fonte de renda para família. E vi na Feira do Bosque uma oportunidade para expor, hoje um ano depois continuamos aqui, cada dia maiores”, conta ela dizendo que o carro-chefe da casa é o biscoito de queijo.

O evento tem hoje mais de 550 expositores de artesanato, moda autoral, antiguidades, gastronomia e muitas atrações culturais.

A prefeita Adriane Lopes parabenizou os organizadores e artesãos pelo evento. “São empreendedores divulgando seu trabalho, fortalecendo a economia da nossa cidade. A economia criativa é algo que traz respostas rápidas. Essa Feira é algo inédito, que reúne cultura, gastronomia, economia, diversão. Falei para a Carina que temos que percorrer as sete regiões despertando mais e mais empreendedores para fazer parte e crescer com ela”.

Com muitos pets pela Feira, até eles ganham expositores especializados. É o caso do da Lindy dos Santos, que é pet chef e faz petiscos naturais, bolos personalizados, caoxinhas, quibes e até o pet lanche feliz, hambúrguer com batata frita.

“A gente sempre trazer novidades e nessa área o céu é o limite e aqui na Feira a gente capta muitos clientes e eles sempre trazem amigos depois para aproveitar. É um lugar para vir com a família, amigos e com certeza trazer seu pet para passear e sair com algum mimo para ele daqui.

Na feira desde dezembro, Micheli de Andrade da Mi Ateliê, conta que atualmente a Feira é local onde ela mais capta clientes. “Essa feira representa a vida para mim, é meu maior sustento hoje, é onde eu consigo mais cliente, sou apaixonada por esse lugar e muito grata a organização”.

A Feira Bosque da Paz, realizada pela Agrupa (Associação Grupo da Paz), movimenta diretamente, de forma significativa, a vida de mais de 1.100 famílias do Estado de Mato Grosso do Sul, em sua maioria mulheres (sendo elas 70% dos expositores), que através dela se tornaram independentes e em conjunto com a parceria do Sebrae tiveram a oportunidade de profissionalizar o seu negócio.

A Feira também fomenta a economia local em demais setores para atender esse grandioso evento, com produtos de conceitos adquiridos diretamente de povos originários e quilombolas, além de promover a diversidade cultural e artística através de apresentações musicais, teatrais e lazer para toda a população campo-grandense.